sexta-feira, março 13, 2015

CAVACADAS!

FERREIRA FERNANDES

Cavaco acha que Bruno de Carvalho não seria bom PR

por FERREIRA FERNANDES

Com a ironia de Strauss-Kahn, se ao designar o seu sucessor dissesse "no FMI só um homem casto", Cavaco Silva definiu um critério para o próximo PR: "Ter alguma experiência na política externa." Reparem no "alguma" que, até a ele, lhe permitiria voltar a ser eleito se a Constituição deixasse: no fim de contas, numa viagem de Estado, Cavaco já foi à Capadócia. Enfim, um conceito vago, embora perigoso porque pode voltar a dar a Mário Soares, campeão de milhas, o seu recorrente desejo de se recandidatar. Houve redundância no critério para PR (vai de si que aquele que pode declarar guerra e ratificar os tratados internacionais deve saber resistir à tentação de invadir Badajoz), mas, apesar de comuns, as palavras de Cavaco voltaram a pedir explicador. Que é que o homem quis dizer com aquilo? Mas, meus senhores, ele já disse: o melhor é não escolher uma pessoa tipo Bruno de Carvalho, esse invadia Badajoz. Quanto ao mais, Cavaco não quis dizer nada. O que não impediu Marcelo e Santana de terem dado um passo em frente: "Eu encaixo no perfil traçado por Cavaco!", já vieram dizer, ambos. Na verdade, no perfil de Cavaco encaixa toda a gente. Está bem, com a exceção de Bruno de Carvalho. Agora, pôr o dedo no ar como se tivesse sido ungido por Cavaco Silva é que me parece pouco prudente. Entrar num critério tão geral nada significa. Já vangloriar-se da generalidade do critério de Cavaco é uma particularidade gravosa.

1 comentário:

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Quimamigo

Ferreira Fernandes meu Amigo: boa malha!

Abç